Últimos
Capa » Notícias » Educação e Cultura » Professores estaduais são destaque na seleção do Programa de Língua Inglesa nos EUA

Professores estaduais são destaque na seleção do Programa de Língua Inglesa nos EUA

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) parabeniza os professores das escolas públicas estaduais de Rondônia, aprovados na seleção do Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Língua Inglesa nos Estados Unidos. O programa é desenvolvido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em parceira com a Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil e pela Comissão Fulbright, com o apoio do Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed).
Os objetivos do Programa são: Fortalecer a fluência oral e escrita em inglês, compartilhar metodologias de ensino e avaliação que estimulem a participação do aluno em sala de aula e estimular o uso de recursos online e outras ferramentas na formação continuada de professores e na preparação de planos de aula.
Essa iniciativa levará 540 professores de inglês da rede pública de todo o país para um intercâmbio de seis semanas nos EUA, em mais de 20 Universidades Americanas.  Inovadora e grandiosa tal iniciativa visa fortalecer as bases da educação pública no Brasil.
A secretária da Seduc, Isabel Luz, é uma das incentivadoras para que os professores da rede estadual de ensino busquem sempre a qualificação. “A Seduc vem investindo e ampliando suas ações na área de capacitação e formação continuada. Momentos como este, onde os professores da nossa rede alcançam um destaque deste porte, muito nos anima para continuar nosso trabalho”, afirma.
Foram selecionados professores de três municípios. Das escolas estaduais de Porto Velho temos as professoras: Adriane Jucelia Brito Hitzschky (Escola São Luiz); Andréa Tae Imajo (Escola Petrônio Barcelos) e Patrícia dos Santos Lima (Escola Marcelo Cândia). Também foram selecionadas as professoras Maria da Rocha Ramos ( Escola Estadual Chupinguaia),  no município de  Chupinguaia; e Maria Helena Ferrari ( Escola Wilson Camargo), em Vilhena.

Fonte: Celene Gomes – Assessoria Seduc