Últimos
Capa » Notícias » Política » Estadual » Governador anuncia em cadeia de rádio metas para tornar polícia mais autônoma
Governador anuncia em cadeia de rádio metas para tornar polícia mais autônoma

Governador anuncia em cadeia de rádio metas para tornar polícia mais autônoma

O governador Confúcio Moura afirmou na segunda-feira (23) durante entrevista à Rádio Rondônia FM, com transmissão em cadeia para 70 outras emissoras, que Rondônia é o terceiro Estado do país em que a polícia mais prende como demonstram

as estatísticas do próprio Ministério da Justiça. A Polícia Civil, além estar bem organizada, vai melhorar muito mais a partir de 2014, quando passa a atuar com autonomia administrativa e financeira.
Moura voltou a lamentar os dois ataques da última quinta-feira (19) em dois bairros de Porto Velho e fez questão de ressaltar que, apesar da sensação de insegurança gerada, em alguns casos, por informações infundadas, “boatos”, a violência não sairá vencedora e a cúpula da segurança atua com reforço de pessoal na busca de solução para o problema, apontada como um fenômeno social.
A prisão dos assassinos da jovem Kátia Saldanha, de Pimenta Bueno, crime solucionado em poucas horas, e o da jovem Naiara, em Porto Velho, em fase de elucidação foram dois exemplos citados pelo governador ao responder a uma das questões da Arquidiocese local.
Há outros exemplos de eficiência das forças policiais no Estado, como os dois assaltos à agência do Banco do Brasil, em Machadinho do Oeste, em que as quadrilhas foram presas e o dinheiro resgatado. “Vamos melhorar com instrumentos necessários para desbaratar, atacar a causa”, disse.

Saúde

O governador lembrou ainda a importância da assinatura da ordem de serviço para a construção do Hospital de Emergência e Urgência (Heuro), cuja pedra fundamental foi lançada na última sexta-feira. A obra será construída nas proximidades dos Hospitais de Base e Infantil, e só depende do relatório de impacto do trânsito, que será feito pela prefeitura da Capital.
Confúcio Moura explicou que há necessidade da classificação por risco para a realização do atendimento nas unidades de competência do Estado e dos municípios para evitar superlotação;
O pagamento em dia dos servidores, desde o início do Governo da Cooperação, em 2011, foi outra conquista citada pelo governador, ao ressaltar o esforço para cumprir o calendário de pagamento do funcionalismo, cuja folha em dezembro foi de mais de R$ 700 milhões, somando-se o salário do mês, o 13º salário e 13 de férias.
Um pacote de obras com previsão para 700 km de asfalto urbano e rural, numa cooperação com os municípios, que arcam com o combustível e o Estado com as máquinas; 5.000 títulos de propriedades rurais prontos para ser entregues, e os 12 mil urbanos, que representam mais um impulso à economia estadual garantem aos proprietários acesso a créditos e valorização dos imóveis ou lotes.
Economia forte
Ainda sobre incentivo à economia, o governador citou as mais de 300 agroindústrias em funcionamento em várias regiões do Estado, moeda digital (cartão de crédito oferecido pelo Banco do Povo) e a ampliação da capacidade produção do setor de piscicultura de 15 mil para 60 mil toneladasano.
O programa de moradia, que não recebia investimentos há 20 anos, torna possível a construção de casas populares por meio dos Programas Morada Nova (estadual) e Minha Casa, Minha Vida (Federal). Somente em Porto Velho, a meta é a construção de 20 mil casas até o final de 2014.
A construção civil contribuiu ainda para a geração da maior parte dos empregos com carteira assinada em 2013, onde Rondônia apresenta o terceiro maior índice entre os Estados da Região Norte, além de garantir moradia para famílias como a dona de casa Tia Nor, que ligou para a rádio agradecendo e elogiando o empenho do governador.
Confúcio confirmou para 2014 a aplicação de R$ 13 milhões na recuperação do Estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho, pois segundo o governador é inaceitável um Estado como Rondônia onde se pratica futebol profissional não ter um estádio com toda a estrutura na Capital.

Texto: Veronilda Lima
Fonte: Decom