Últimos
Capa » Notícias » Geral » Acontecimentos » AM tem 38 municípios afetados pela cheia dos rios
AM tem 38 municípios afetados pela cheia dos rios

AM tem 38 municípios afetados pela cheia dos rios

Último mês de subida dos rios da bacia amazônica, junho chega ao final de sua segunda semana com 35 municípios amazonenses em Estado de Emergência e três em Calamidade segundo dados divulgados na manhã desta quinta-feira (12), pela Associação Amazonenses de Municípios (AAM) e coletados diretamente junto às 62 prefeituras do Estado.
Mesmo com a lenta descida das águas nas bacias do Madeira e do Purus, normais para esta época do ano, Humaitá, Boca do Acre e Uarini permanecem em Calamidade e sua situação já foi reconhecida pelo Ministério da Integração, por meio da Defesa Civil Federal.
“Ainda não há como precisar números uma vez que ainda estamos avaliando o prejuízo, mas as perdas para a agricultura, pecuária e para o setor primário em geral devem ficar entre as maiores da história”, avaliou o presidente da AAM e prefeito de Boca do Acre, Iran Lima, ao destacar que o fim do ciclo de chuvas também representa grande perigo para a saúde de moradores, em especial os ribeirinhos.
“Muita gente está sem casa, sem renda a curto e médio prazo e neste momento de começo da vazante, há ainda as doenças causadas por vírus, bactérias e parasitas presentes na água, como verminoses, doenças diarreicas, gastrenterites, dermatite e febre tifoide”, destacou Lima.
Ainda de acordo com o dirigente, a associação está acompanhando e cobrando junto às direções dos órgãos federais em Brasília, celeridade no atendimento e liberação de verbas.
Além dos três municípios em Calamidade, Borba, Apuí, Envira, Guajará, Ipixuna, Lábrea, Novo Aripuanã, Manicoré, Nova Olinda do Norte e Tapauá (todos em Emergência), tiveram seus decretos reconhecidos pela União e estão aptos a receber o auxílio federal nas próximas semanas.
Também decretaram Estado de Emergência, mas ainda aguardam avaliação dos órgãos federais para inclusão na lista de beneficiados: Anamã, Barreirinha, Beruri, Boa Vista do Ramos, Caapiranga, Canutama, Carauari, Careiro, Careiro da Várzea, Coari, Fonte Boa, Iranduba, Jutaí, Manacapuru, Manaquiri, Maraã, Maués, Nhamundá, Parintins, Pauini, Silves, Tefé, Itamarati, Urucará e Urucurituba.

Com informações de Press Comunicação