Últimos
Capa » Notícias » Cidadania » Colaboradores da SOPH são imunizados contra a gripe
Colaboradores da SOPH são imunizados contra a gripe

Colaboradores da SOPH são imunizados contra a gripe

Os servidores do Porto Público da Capital foram imunizados na manhã desta sexta-feira (28) contra a gripe (H1N1). Promovida pela Divisão de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), a campanha é fruto de parceria com a Agência de Vigilância Sanitária– AGEVISA, que realiza através da rede de frios do Estado, a distribuição das vacinas aos municípios.
No Porto Organizado de Porto Velho, foram imunizadas 130 pessoas, entre os servidores da administração e os trabalhadores portuários avulsos, que aprovaram a iniciativa da campanha de vacinação.
Para a servidora Divanilce de Sousa a iniciativa demonstra a preocupação da diretoria da SOPH, não só com a produção no trabalho, mas também com a saúde do servidor. “É a primeira vez que participo de uma campanha de vacinação dentro de uma empresa”.
Requisita pela diretoria da Sociedade de Portos e Hidrovias do Estado de Rondônia – SOPH, a campanha faz parte das ações prioritárias de segurança do trabalhador, tendo como intuito, levar bem estar aos servidores, afirmou o diretor administrativo e financeiro do órgão, João Bosco de Araújo.
Segundo o diretor, é necessário proteger os servidores de eventuais infecções, por isso, buscamos firmar parcerias com a Semusa e Agevisa visando a efetivação da campanha de vacinação no Porto.
Para a técnica em enfermagem Linete Bastista Braga, no geral, a meta de vacinação estipulada pelo Ministério da Saúde já foi alcançada em Porto Velho. Agora é importante imunizar os servidores públicos. Segunda a técnica, a vacina traz vários benefícios, dentre eles, a possibilidade de passar um ano sem gripar.
Gripe H1N1
Influenza A é uma doença respiratória aguda causada pelo vírus pandêmico nomeado H1N1 2009. Assim como os demais, esse novo subtipo do vírus da influenza é transmitido por contato pessoal, principalmente por meio da tosse, espirro e do contato com secreções respiratórias de pacientes infectados.

Fonte
Texto: Antônia Nascimento -DRT/869
Fotos: Theo/SOPH
Decom – Governo de Rondônia