Últimos
Capa » Sem categoria » Projeto de manejo de quelônios do Vale do Guaporé recebe premiação em São Paulo
Projeto de manejo de quelônios do Vale do Guaporé recebe premiação em São Paulo
Em 2013, foram devolvidos à natureza nas áreas de repovoamento mais de 1,8 milhão de tartaruguinhas.

Projeto de manejo de quelônios do Vale do Guaporé recebe premiação em São Paulo

A Associação Comunitária Quilombola e Ecológica do Vale do Guaporé (Ecovale) recebe quarta-feira (10), às 20h no salão de eventos do Hotel Expor Center Norte, em São Paulo, o prêmio de “Amigos do Meio Ambiente” da Sociedade Brasileira de Educação e Integração pelo trabalho de proteção de tartarugas e tracajás na Reserva Biológica do Vale do Guaporé, região de Costa Marques (RO).
A premiação na categoria “Quality Brasil 2014” é um reconhecimento a entidades que contribuem para estudos, pesquisas e ações de desenvolvimento sustentável em regiões de fronteira e em países vizinhos.
A entidade aguarda também a chegada de especialistas do Museu Botânico de Nova Iorque, que em parceria com pesquisadores da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) irá desenvolver pesquisas sobre quelônios na região.
Segundo o presidente da Ecovale, José Soares Melo, “Zeca Lula”, 55 anos, a entidade recebeu em 2014, ajuda do governo de Rondônia como barco, motor e veículos que não utilizados no combate às ações de violação das covas e contrabando dos indivíduos capturados ilegalmente.
“Zeca Lula” afirmou que a previsão da soltura dos filhotes de tartarugas e tracajás está prevista para o próximo dia 28 de dezembro. Em 2013, foram devolvidos à natureza nas áreas de repovoamento mais de 1,8 milhão de tartaruguinhas e outros 5,3 mil de tracajás.
Pelo processo de reprodução natural a taxa de sobrevivência é estimada em 0,0001% e com o projeto de manejo e uso dos berçários o percentual varia entre 12 e 15%.

Fonte
Texto: Abdoral Cardoso
Fotos: Decom
Decom – Governo de Rondônia