Início » Sem categoria » Projeto de manejo de quelônios do Vale do Guaporé recebe premiação em São Paulo
Em 2013, foram devolvidos à natureza nas áreas de repovoamento mais de 1,8 milhão de tartaruguinhas.

Projeto de manejo de quelônios do Vale do Guaporé recebe premiação em São Paulo

A Associação Comunitária Quilombola e Ecológica do Vale do Guaporé (Ecovale) recebe quarta-feira (10), às 20h no salão de eventos do Hotel Expor Center Norte, em São Paulo, o prêmio de “Amigos do Meio Ambiente” da Sociedade Brasileira de Educação e Integração pelo trabalho de proteção de tartarugas e tracajás na Reserva Biológica do Vale do Guaporé, região de Costa Marques (RO).
A premiação na categoria “Quality Brasil 2014” é um reconhecimento a entidades que contribuem para estudos, pesquisas e ações de desenvolvimento sustentável em regiões de fronteira e em países vizinhos.
A entidade aguarda também a chegada de especialistas do Museu Botânico de Nova Iorque, que em parceria com pesquisadores da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) irá desenvolver pesquisas sobre quelônios na região.
Segundo o presidente da Ecovale, José Soares Melo, “Zeca Lula”, 55 anos, a entidade recebeu em 2014, ajuda do governo de Rondônia como barco, motor e veículos que não utilizados no combate às ações de violação das covas e contrabando dos indivíduos capturados ilegalmente.
“Zeca Lula” afirmou que a previsão da soltura dos filhotes de tartarugas e tracajás está prevista para o próximo dia 28 de dezembro. Em 2013, foram devolvidos à natureza nas áreas de repovoamento mais de 1,8 milhão de tartaruguinhas e outros 5,3 mil de tracajás.
Pelo processo de reprodução natural a taxa de sobrevivência é estimada em 0,0001% e com o projeto de manejo e uso dos berçários o percentual varia entre 12 e 15%.

Fonte
Texto: Abdoral Cardoso
Fotos: Decom
Decom – Governo de Rondônia

Veja também

Mensagem do deputado Só na Bença ao Dia dos Pais