Últimos
Capa » Notícias » Cidadania » COM A ESCRITURA DO IMÓVEL NAS MÃOS, REASSENTADOS DA UHE JIRAU REALIZAM O SONHO DA CASA PRÓPRIA
COM A ESCRITURA DO IMÓVEL NAS MÃOS, REASSENTADOS DA UHE JIRAU REALIZAM O SONHO DA CASA PRÓPRIA

COM A ESCRITURA DO IMÓVEL NAS MÃOS, REASSENTADOS DA UHE JIRAU REALIZAM O SONHO DA CASA PRÓPRIA

Ao todo, 200 famílias foram beneficiadas
O dia quatro de dezembro de 2014 ficará marcado na memória dos reassentados da Usina Hidrelétrica Jirau. Um sonho se concretizou quando cada morador foi recebendo a escritura do seu imóvel urbano, localizado em Nova Mutum Paraná. Mais uma iniciativa da Energia Sustentável do Brasil, por meio do Programa de Remanejamento das Populações Atingidas.
A cerimônia de entrega foi realizada no auditório do Centro Cultural da localidade, onde 117 pessoas comparecem para buscar o documento da sua casa. Ao total, 200 famílias foram beneficiadas. Aqueles que não puderam comparecer no dia do evento, receberão suas escrituras através da ECSA Engenharia Socioambiental, executora do Programa de Remanejamento das Populações Atingidas da UHE Jirau. Além da ECSA, cuja equipe esteve presente auxiliando na entrega dos documentos, o Cartório Carvajal também se fez presente e foi responsável por todo o processo de legalização dos imóveis.
O sorriso estampado no rosto demonstrava a satisfação de cada reassentado ao receber o documento da casa própria. O agricultor Rufino Nonato de Souza, 76, recebeu a sua escritura, bem animado e deu nome ao momento importante de sua vida. “Mudança. Pois, toda mudança traz uma coisa boa e para melhor. Desde as primeiras reuniões, eu acreditei na ESBR. Estamos vendo as coisas acontecerem”.
A presidente da Associação de Mulheres de Nova Mutum Paraná, Ana Lúcia Arruda, agradeceu. “Quero agradecer à ESBR por mais uma promessa cumprida, muitas coisas estão dando certo graças a essa parceria”, comemora.
Para o diretor Administrativo & Institucional da ESBR, José Lucio de Arruda Gomes, a entrega da documentação das casas significa uma meta atingida, onde a Usina Jirau contribuiu para a concretização de um sonho tão almejado pelos moradores. “Com esta meta alcançada, fica concluído o processo de remanejamento da população de Mutum Paraná para Nova Mutum Paraná. E isso representa um marco histórico para a UHE Jirau. Um trabalho bem feito, realizado em conjunto com os profissionais, a comunidade e empresas parceiras. A ESBR só tem a agradecer a compreensão de todos em ter esperado por esse grande dia e parabenizar aos então, cidadãos-proprietários” destaca José Lucio.

usinahidreletrica1 usinahidreletrica

Fonte:assessoria