Últimos
Capa » Notícias » Cidadania » Presidente reeleito da Ameron traça ações para 2015
Presidente reeleito da Ameron traça ações para 2015

Presidente reeleito da Ameron traça ações para 2015

Reeleito com mais de 95% dos votos, o juiz Francisco Borges participou de dois programas de televisão ao longo da semana, onde destacou o papel desempenhado pelas associações de magistrados, a condição de trabalho do Poder Judiciário de Rondônia e traçou ações para o ano de 2015.
Um dos pontos abordados durante a entrevista concedida ao programa Candelária Debate da afiliada a Rede Record em Rondônia, Borges destacou agilidade, dinamismo e modernização do TJRO. “Nos últimos levantamentos feitos pelo CNJ, o nosso tribunal está entre os estados que mais se destacam no país. Somos um Judiciário moderno, prova disso é que fomos um dos primeiro as ser informatizado. Lembro que ao iniciar esse processo, advogados vindos de outros estados ficavam impressionados quando viam o despacho do juiz disponível na internet. Nossa produtividade é alta, apesar da demanda ser crescente.
Para o ano de 2015, o presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), Francisco Borges, reafirmou o compromisso de continuar a luta pelos direitos da magistratura, à exemplo das Eleições Diretas para presidente nos tribunais, o que tornaria o processo mais transparente; desenvolver ações que promovam qualidade de vida ao magistrado e propor ideias para melhoria das atividades judicantes. No programa Allamanda Revista, afiliada ao SBT e comandado pela jornalista Meiry Santos, Francisco Borges agradeceu aos associados pela grande margem de votos que recebeu no pleito realizado no último dia 6. “Estou me sentindo orgulhoso e feliz por obter 95% dos votos. É uma satisfação ter o trabalho reconhecido e foi um dos percentuais mais altos da história de todas as associações estaduais de magistrados”, lembrou o juiz de direito.
Durante as entrevistas concedidas a imprensa, Francisco Borges avaliou o cenário momentâneo de escândalos envolvendo o poder público nos casos de corrupção e reprovou a atitude do juiz maranhense que deu voz de prisão aos funcionários de uma companhia aérea que o impediram de embarcar porque havia chegado atrasado e de outro magistrado do Rio de Janeiro que recusou fazer o teste de bafômetro. O presidente reeleito da associação também enfatizou a conclusão da obra da nova quadra poliesportiva na sede social que estará disponível para o uso dos associados em 2015.

Fonte:Daiana
Assist. Administrativo