Últimos
Capa » Sem categoria » Impedidos de trabalhar, produtores rurais pedem apoio
Impedidos de trabalhar, produtores rurais pedem apoio
Impedidos de trabalhar, produtores rurais pedem apoio.

Impedidos de trabalhar, produtores rurais pedem apoio

O deputado José Lebrão (PTN) disse que a audiência pública que será realizada na próxima quarta-feira (29) é de extrema importância para os produtores rurais, que estão sendo prejudicados por ações da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam).
Representantes da secretaria deverão explicar as razões do cancelamento da emissão do Cadastro Ambiental Rural (CAR). A audiência foi proposta pelos deputados Lebrão, Alex Redano (SD), Laerte Gomes (PEN) e Jean Oliveira (PSDB).
O primeiro secretário da Associação Agroflorestal da Linha Paralela 45 (Agrof), Pedro Américo, explicou que o CAR é necessário para o funcionamento da propriedade rural. Sem o documento qualquer produção ou criação é irregular. “É como a carteira de identidade da propriedade”, explicou. A LP 45 está localizada em Candeias do Jamari.
O vereador Carlos César (PCdoB), de Candeias, explicou que o produtor rural está sendo forçado pela Sedam a viver na irregularidade, porque a Sedam cancelou os CAR existentes e suspendeu a emissão de novos documentos. César do Candeias, como é mais conhecido, explicou que apesar de a Polícia Ambiental agir com rigor, a Sedam não está prestando um bom serviço aos produtores.
O líder comunitário de Candeias do Jamari, Raimundo das Chagas, o professor Raimundo, explicou que hoje, até mesmo para retirar cascalho de um local para ajudar a prefeitura a recuperar uma estrada, é preciso de liberação da Sedam. “A Sedam libera, mas a burocracia é grande, o que acaba prejudicando as famílias do campo”, destacou.
O secretário da Asgrof, Pedro Américo, explicou que deputado Lebrão que para executar uma obra em um dia, com retirada de cascalho, é preciso ficar de três a quatro meses enfrentando a burocracia na Sedam. “Por conta das estradas em péssimas condições tem crianças sem estudar, nas linhas. Os ônibus não conseguem passar. Tem gente perdendo o benefício do Bolsa Família porque o filho não estuda”, reclamou.
Os três reconheceram o apoio que têm recebido de Lebrão. “O deputado sempre esteve do nosso lado. Ele foi ao projeto Jequetibá diversas vezes e conhece a situação. Sabemos que a Sedam exerce sua função, mas a burocracia está demais”, disse Pedro Américo.
O deputado Lebrão disse que um grande número de produtores rurais éesperado na audiência pública. O parlamentar afirmou que o problema precisa ser resolvido, porque as famílias do campo não podem ser
impedidas de trabalhar.

Fonte: Assessoria
.