Últimos
Capa » Notícias » Geral » Diretor do Hospital de Câncer de Barretos conta sua história de vida e a construção do maior centro de referência da América Latina em oncologia
Diretor do Hospital de Câncer de Barretos conta sua história de vida e a construção do maior centro de referência da América Latina em oncologia

Diretor do Hospital de Câncer de Barretos conta sua história de vida e a construção do maior centro de referência da América Latina em oncologia

A cidade de Rolim de Moura será palco neste sábado (25) da visita e da palestra de um dos homens mais importantes da medicina contra o câncer na América Latina. Ele não é médico, tampouco um grande cientista. Mesmo assim, se transformou no maior entusiasta deste país na luta contra a doença que mata milhares de pessoas todos os anos, em todo o mundo.
Henrique Prata, o cowboy fazendeiro que virou diretor do Hospital de Câncer de Barretos, contará sua história de vida e também a de seu pai, criador daquela unidade, em um encontro com o tema “acima de tudo o amor”, lema do HCB. A palestra é aberta ao público e está marcada para começar as 08h30, na AABB em Rolim de Moura. A entrada são dois quilos de alimento não perecível.
Quem organiza o evento é o grupo de voluntários do município que encabeça as campanhas em prol do HCB na cidade, liderado por nomes como os pecuaristas Décio Lira e Marlene Lira, além do jornalista e apresentador Dorli Schimer. O objetivo é divulgar a filosofia de vida e a história por trás da criação do “hospital do amor” com o testemunho real de quem mesmo sendo leigo, ajuda a salvar vidas.
“O Henrique é filho do casal de médicos que criou o HCB na década de 1960. Mas, nos anos 1980, aquela unidade não aguentou os altos e baixos da economia e iniciou um processo de falência. Foi aí que ele foi convidado para tocar o hospital. Estava decidido a saldar as dívidas e a fechar tudo quando descobriu que poderia fazer muito mais por aquelas pessoas”, conta.
Dorli lembra que o diretor vem a Rondônia especialmente para essa palestra que retribui o carinho que o estado tem e ao mesmo tempo recebe do HCB. São pelo menos  quatro mil atendimentos dia, 100% gratuitos, com o que  de mais avançado há na medicina oncológica. Para os acadêmicos, será emitido certificado para contagem de horas de atividades extracurriculares.
“É uma oportunidade única de o público de Rondônia conhecer uma das histórias mais bonitas que sobre amor ao próximo que eu já vi e que se tem notícia. Um homem que deixou suas fazendas, seus negócios milionários para cuidar apenas de pessoas, com muito amor acima de tudo. Isso contagiou muita gente em todo o país e espero que contagie você também”, enfatiza Schimer.

Fonte: Denis Pinto