Últimos
Capa » Notícias » Terror em Manaus faz quatro decapitações
Terror em Manaus faz quatro decapitações

Terror em Manaus faz quatro decapitações

Um recado do crime organizado
Foi-se o tempo que matar alguém era sinônimo de atirar, estrangular ou esfaquear e depois desovar o corpo em algum lugar remoto. Hoje os criminosos estão mais preocupados em passar algum tipo de mensagem aos destinatários e chocar a população amazonense.
Em menos de uma semana, quatro corpos decapitados foram encontrados em locais de difícil acesso na região metropolitana de Manaus e, na maioria das vezes, as vítimas tem algum envolvimento com o mundo do crime.
Mulas sem cabeça
Dois corpos, um deles ainda não identificado, foram encontrados sem a cabeça no Ramal Santo Antônio, no km 47 da rodovia AM-010, Zona Rural de Manaus.
Conforme cops da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), moradores de uma comunidade próxima de depararam com a cena macabra logo no início da tarde. As vítimas tiveram as cabeças arrancadas e um deles estava completamente nu.
Morte de PM
Um dos homens encontrados mortos, José Isaque Santos da Silva, 23, o “Trem Bala”, é suspeito de ter envolvimento na morte do soldado da Polícia Militar Paulo Sérgio da Silva Portilho, 34, encontrado enterrado na última terça-feira (30) em uma invasão do Nova Cidade, na Zona Norte da capital.
“Jacaré” decapitado
O queridíssimo Jean de Brito Albana, 20, que respondia pela alcunha de “Jacaré”, já estava desaparecido desde o dia 1º deste mês. O que a família dele não contava é que ele fosse encontrado decapitado e enterrado em uma cova rasa de um terreno baldio na rua Barão do Rio Branco, bairro Parque das Laranjeiras, Zona Centro-sul da capital.
O presunto foi achado pelos próprios familiares, que falaram que o rapaz sempre saía de casa para curtir uma “nóia” junto com os amiguinhos, mas sempre regressava à noite.
Desde a quinta-feira a criatura não havia mais dado as caras e o povo da família ficou preocupado. Trataram de fazer buscas e de fofoca em fofoca descobriram o paradeiro do cadáver. Um rastro de sangue apontava onde a vítima havia sido desovada.
Peladona 2017
Nas primeiras horas da manhã de segunda-feira (5) o corpo de uma mulher não identificada foi encontrado no km 80 da rodovia AM-010, em Rio Preto da Eva, distante 78 km de Manaus.
A vítima estava sem cabeça e em avançado estado de decomposição. Ela também estava completamente nua.
Devido ao estágio avançado de putrefação, as causas da morte da vítima só poderão ser reveladas após exames de necropsia no Instituto Médico Legal (IML).

Fonte:NewusMaskate