Últimos
Capa » Notícias » Cidadania » Primeira Conferência Estadual de Vigilância em Saúde vai debater propostas apresentadas por municípios, em Porto Velho
Primeira Conferência Estadual de Vigilância em Saúde vai debater propostas apresentadas por municípios, em Porto Velho
Tânia Medeiros – diretora exeutiva da Agevisa destaca importância da Conferência.

Primeira Conferência Estadual de Vigilância em Saúde vai debater propostas apresentadas por municípios, em Porto Velho

A 1ª Conferência Estadual de Vigilância em Saúde que será realizada em Porto Velho no período de 9 à 11 deste mês vai reunir representantes de todos os municípios de Rondônia que realizaram no período de 01 à 15 de agosto deste ano as Conferências Municipais. Segundo a diretora executiva da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Tânia Medeiros de Castro Souza, durante a Conferência Estadual serão debatidas as propostas aprovadas nos municípios, e as que forem aprovadas na Conferência Estadual serão levadas para a Conferência Nacional, que será realizada em Brasília nos dias 29 e 30 de novembro e 1º de dezembro próximo.
Tânia Medeiros disse que é a primeira vez que será realizada no Brasil a Conferência Nacional de Vigilância em Saúde, onde serão debatidas as propostas de cada estado conforme a sua realidade. “Inicialmente os municípios debateram suas realidades e aprovaram as propostas, que serão discutidas na Conferência Estadual, que posteriormente serão levadas para serem defendidas no encontro nacional”, destacou a diretora executiva.
Tânia explica que a Vigilância em Saúde tem 47 programas que são divididos em quatro eixos: Vigilância Ambiental, Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária e Vigilância da Saúde do Trabalhador.
A atenção básica que compreende de baixa e média complexidade são de responsabilidade dos municípios e as de alta complexidade dos estados. E todos os atendimentos, realizados tanto pelos municípios quanto pelo estado, têm que ser informados ao Ministério da Saúde por meio dos sistemas. “São através dessas informações que o Ministério da Saúde traça políticas de trabalho de combate as doenças e disponibiliza recursos para que estados e municípios desenvolvam suas ações”, afirmou.
Por isso a importância das conferências no âmbito municipal, estadual e nacional, pois todos esses assuntos serão discutidos e debatidos dentro da realidade de cada região, disse a diretora executiva da Agevisa. A Conferência Estadual de Vigilância em Saúde é realizada pelo Conselho Estadual de Saúde em parceria com a Agevisa. A abertura da Conferência será no Teatro Palácio das Artes, em Porto Velho, no dia 09, a partir das 19h. Estarão presentes no evento cerca de 220 delegados eleitos nas conferências municipais. O evento também será aberto ao público.

Na terça-feira (10) a partir das 8h à Conferência segue no Rondon Palace Hotel com a seguinte programação:
8h – Leitura e aprovação do regimento
8h30 – Eixo 1 – O lugar da Vigilância em saúde no Sistema Único de Saúde (SUS). Expositor: Wanderley Gomes da Silva – CNS. Coordenadores de mesa: Arlete Baldez – Agevisa
9h30 – Debate
10h – Eixo 2 – Responsabilidade do Estado e dos governos com a Vigilância em saúde.
11h – debate
12h – Almoço
14h – Eixo 3 – Saberes, práticas, processos de trabalhos e tecnologias na Vigilância Sanitária. Expositora: Raquel Ribeiro Bittencourt – diretora de Vigilância Sanitária de Florianópolis – SC. Coordenadores de mesa: Maria Augusta Ramalhaes.
15h – Debate
15h30 – Coffee break
15h45 – Eixo 4 – Vigilância em Saúde participativa e democrática para enfrentamento das iniquidades sociais em saúde. Expositor: Menezes de Souza – CNS. Coordenadores de mesa: Cesarino Junior Lima Agrigio.
16h45 – Debate
17h30 – Encerramento.
Na quarta-feira (11)
8h – Palestra motivacional. Expositora: Margarida Lima.
8h40 – Trabalhos em grupos
Eixo 1 – O lugar da Vigilância em saúde no SUS. Facilitadores: Maria Augusta Ramalhaes e Lidiane Pereira S. Marques.
Eixo 2 – Responsabilidade do Estado e dos governos com a Vigilância em Saúde. Facilitadores: Kerry Alesson Souza de Almeida e Cleidineia Marciana do Amaral.
Eixo 3 – Saberes, práticas, processos de trabalhos e tecnologias na Vigilância em saúde. Facilitadores: Sandra Vidal
Eixo 4 – Vigilância em Saúde participativa e democrática para enfrentamento das iniquidades sociais em saúde. Facilitadores: Jaumir Marques Ferreira.
12h – Almoço
14h – Plenária Final
16h30 – Coffee break
17h – Eleição dos delegados
18h – Encerramento.

Fonte
Texto: Eleni Caetano
Fotos: Jeferson Mota
Secom – Governo de Rondônia