Últimos
Capa » Notícias » Política » Municipal » Presidente da Assembleia participa da entrega de 800 casas em Ji-Paraná
Presidente da Assembleia participa da entrega de 800 casas em Ji-Paraná
Presidente da Assembleia participa da entrega de 800 casas em Ji-Paraná-Foto Daiane Mendonça-Secom-Governo-RO.

Presidente da Assembleia participa da entrega de 800 casas em Ji-Paraná

Maurão solicitou instalação de posto policial para atender o residencial
O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), participou na manhã desta quinta-feira (5) da solenidade de entrega de 800 casas no Residencial Capelasso, em Ji-Paraná, construídas com recursos do Governo Federal, através do programa Minha Casa Minha Vida, somando um investimento total em moradias no município em cerca de R$ 52 milhões, com contrapartida do Estado, através do programa Morada Nova.
“A casa própria é o sonho das famílias brasileiras. Ter uma moradia digna é um orgulho, uma felicidade imensa que podemos ver nos rostos de cada um que está aqui, nesta solenidade que marca a entrega definitiva das moradias”, destacou Maurão.
A solenidade foi comandada pelo governador Confúcio Moura (PMDB) e contou, ainda, com as presenças do ministro das Cidades, Bruno Araújo, dos senadores Valdir Raupp (PMDB-RO) e Acir Gurgacz (PDT-RO), dos deputados federais Nilton Capixaba (PTB-RO), Marinha Raupp (PMDB-RO), Lúcio Mosquini (PMDB-RO), Marcos Rogério (DEM-RO) e Mariana Carvalho (PSDB-RO), do prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), vereadores, secretários municipais e estaduais.
As casas são individuais e o residencial já conta com creche, escola e todo o sistema que levará água encanada para as famílias.
Posto policial
Durante seu discurso, Maurão pediu que o Governo instalasse um posto policial para atender ao residencial, atendendo ao pedido da comunidade. O governador acenou com a possibilidade de atender ao pleito, de acordo com a disponibilidade de efetivo policial, que será reforçado em breve com novos policiais militares que foram convocados pelo Governo.

Fonte: Assessoria