Últimos
Capa » Notícias » Política » Federal » Marcos Rogério celebra inauguração do Hospital de Amor da Amazônia, em Porto Velho
Marcos Rogério celebra inauguração do Hospital de Amor da Amazônia, em Porto Velho

Marcos Rogério celebra inauguração do Hospital de Amor da Amazônia, em Porto Velho

A construção da unidade hospitalar teve início em 2015, e contou com recursos doados por empresários.
Especializado no tratamento do câncer, o Hospital de Amor da Amazônia foi inaugurado na última quinta-feira (23), em Porto Velho (Rondônia). Construído integralmente com recursos doados por voluntários, a obra está orçada em R$ 50 milhões e levou apenas dois anos para ser concluída.
O Hospital de Amor é uma extensão do Hospital do Câncer de Barretos e deve atender, além de Rondônia, toda a população na região amazônica. Em pronunciamento nesta quinta-feira (30) no plenário da Câmara dos Deputados, o deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO) comemorou a inauguração da unidade hospitalar.
“É uma obra grandiosa, importante, que conta com serviços ambulatoriais, oncologia clínica e quimioterapia, e também possui centro cirúrgico preparado para realizar cirurgias de pequena, média e alta complexidade. É uma estrutura realmente que nos deixa orgulhosos de ter à disposição dos rondonienses, que até então faziam o sacrifício de ir muitas vezes ao estado de São Paulo, a Barretos, para fazer tratamento”, ressaltou.
O parlamentar também enalteceu o apoio de anônimos que vem trabalhando tanto para a construção dessa unidade, como também para a manutenção do Hospital de Barretos, em Porto Velho.
“Além de comemorar a inauguração dessa unidade, queria fazer um reconhecimento da importância desses muitos parceiros, em sua maioria anônimos, que trabalham em favor do Hospital do Câncer. Todos os anos, produtores rurais e pecuaristas se juntam para doar novilhas, bezerros e vacas para promover um leilão para atender a unidade. Precisamos reconhecer a importância desses agentes na manutenção do Hospital do Câncer. Aqui na Câmara, todos os anos, nós destinamos emendas para essas unidades. Mas isso não é uma doação. É uma obrigação nossa. Nós transferimos dinheiro público para uma unidade que presta serviço público. Esses anônimos é que precisam ser reconhecidos e homenageados”, ressaltou.
Além da unidade em Porto Velho, também está sendo estudada a construção de um Centro de Diagnostico em Ji-Paraná, por meio de recursos federais, viabilizados pela bancada de Rondônia,
“O próximo projeto é na minha cidade, Ji-Paraná. A bancada federal de Rondônia assegurou no orçamento da União do próximo ano um investimento de R$ 42 milhões. Vamos fazer o investimento em mais uma ala do Hospital de Amor de Porto Velho, e vamos, também, construir o nosso centro de diagnostico em Ji-Paraná”, adiantou.

Fonte: Ludmila Lucas
Foto: Toninho Barbosa, Agência Liderança