Início » Notícias » Jovem tenta furar blitz da Lei Seca e é preso por ter agredido a esposa em Ariquemes, RO
Infrator foi encaminhado até a Unisp de Ariquemes (Foto: Diêgo Holanda/G1).

Jovem tenta furar blitz da Lei Seca e é preso por ter agredido a esposa em Ariquemes, RO

Infrator disse que amiga da esposa estava passando mal no carro e levaria ao hospital. Vítima estava inconsciente e ao acordar afirmou que marido bateu a cabeça dela contra o chão.
Um jovem de 25 anos foi preso na madrugada deste sábado (14) por ter agredido a própria esposa, de 20 anos, em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari.
De acordo com a Polícia Militar (PM), o infrator tentou furar o bloqueio da blitz da Lei Seca, na Avenida Tancredo Neves, alegando que a amiga da esposa estava passando mal no carro e a levaria ao hospital. A esposa do jovem estava inconsciente, mas quando acordou confessou ter sido agredida pelo marido.
Conforme o boletim de ocorrência, os policiais realizavam a blitz entre a Avenida Tancredo Neves e a Rua Jacundá quando o motorista tentou furar o bloqueio, alegando que estava indo até o Hospital Regional do município para levar a amiga da esposa, pois ela estava passando mal.
Porém, os militares perceberam que a esposa do motorista estava inconsciente dentro do veículo e o questionaram sobre o que havia acontecido. Um outro rapaz que estava no carro disse que a jovem havia consumido muita bebida alcoólica e poderia estar em coma alcoólico.
Entretanto, a amiga a jovem afirmou que ela havia sido agredida pelo próprio marido. A PM solicitou o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para prestar os primeiros socorros à jovem e pouco depois ela acordou.
Ao ser perguntada, a jovem disse à PM que o marido havia batido a cabeça dela contra o chão por duas vezes e desmaiou em seguida. Diante dos fatos, o condutor do veículo recebeu voz de prisão e foi encaminhado até a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Ariquemes.

A jovem foi encaminha até o Hospital Regional de Ariquemes e após ser atendida se constatou que ela sofreu um corte na cabeça. A vítima ainda confessou constantemente sofre agressões por parte do marido, mas que foi a primeira vez em que decidiu registrar a ocorrência policial.
Fonte:G1 Ariquenmes

Veja também

Mudas de árvores serão distribuídas pelo Procon-Cacoal