Início » Notícias » Rondônia participa da 2ª Mostra Laboral do Sistema Prisional Brasileiro

Rondônia participa da 2ª Mostra Laboral do Sistema Prisional Brasileiro

O evento inicia nesta terça-feira (24) em Florianópolis-SC, e segue até quinta-feira (26). Vai reunir gestores estaduais, especialistas e representantes do Governo Federal. A proposta é ampliar as discussões em torno do tema que envolve a inserção das pessoas em privação de liberdade e egressas do Sistema Prisional no mercado de trabalho.

Durante o evento, a Secretaria de Justiça de Rondônia (Sejus/RO) fará exposição sobre as atividades laborais e de capacitação profissional executadas nos estabelecimentos prisionais do Estado, através dos projetos de ressocialização que contam com a parceria do Tribunal de Justiça de Rondônia, prefeituras e diversas associações.

Dentre as atividades ressocializadoras existentes no Sistema Prisional de Rondônia, estão o cultivo de hortas, a fabricação de artigos esportivos, a tapeçaria, o artesanato, a carpintaria, a pintura, a escultura, a panificação, a mecânica de automóveis, além de atividades agrícolas e de piscicultura desenvolvidas na Fazenda Futuro, localiza no complexo penitenciário de Porto Velho.

INDÚSTRIA E CONSTRUÇÃO CIVIL

Outra experiência em Rondônia a ser compartilhada no encontro nacional em Florianópolis refere-se aos 18 cursos técnicos de capacitação nas áreas de indústria e construção civil, que estão sendo ministrados pelo SENAI desde o mês de março para 360 reeducandos, na Fazenda Futuro e em unidades prisionais de 12 município do Estado.

MAIS SOBRE O EVENTO

A programação da 2ª Mostra Laboral do Sistema Prisional Brasileiro inclui realização de feira com exposição fotográfica e de produtos fabricados por reeducandos, vídeos, apresentações artísticas, seminários sobre a ressocialização e palestras.

A abertura, nesta terça-feira, contará com a participação do médico e escritor Drauzio Varella. Autor de “Carcereiros” e “Estação Carandiru”, Varella tem décadas de ações voltadas à população carcerária. Outro destaque é palestra do vice-embaixador da Noruega, Jan Dybfest, que abordará sobre estratégias adotadas na Penitenciária de Haden (naquele país), que mantém um programa conhecido como “cadeias vazias”.

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Justiça de Rondônia (Sejus)

Veja também

Ambulantes devem se cadastrar para vendas no Dia de Finados em frente aos cemitérios de Porto Velho