Início » Notícias » ‘CUECA’, TRAFICANTE QUE ATUA EM LÁBREA, NO INTERIOR DO AMAZONAS, É PRESO APÓS TENTAR MATAR POLICIAL MILITAR
"Cueca" foi preso em flagrante e disse que o seu comparsa "Aninha" ordenou que matasse o policial militar.

‘CUECA’, TRAFICANTE QUE ATUA EM LÁBREA, NO INTERIOR DO AMAZONAS, É PRESO APÓS TENTAR MATAR POLICIAL MILITAR

O traficante Luzicleudo Moisés da Silva, 28, vulgo “Cueca”, foi preso em flagrante na noite do último domingo, 16, logo depois de atentar contra a vida do cabo PM N. Robinson.

Revólver usado pelo traficante na tentativa de homicídio.
Munições também foram apreendidas (Fotos: Divulgação).

A tentativa de homicídio aconteceu no centro do município de Lábrea, interior do Amazonas, quando o policial estava comendo um sanduíche na Lanchonete Temaki Burgs.
Armado com um revólver calibre 38, o traficante entrou no estabelecimento de arma em punho e dispou tiros contra o policial militar, que reagiu. “Cueca” errou os tiros disprados contra o PM e saiu correndo do local, mas o cabo N. Robinson saiu correndo atrás do marginal e conseguiu prendê-lo dentro de um terreno baldio onde o traficante tentou se esconder.
Na delegacia de Lábrea, município distante 702 quilômetros de Manaus em linha reta, o traficante confessou que recebeu a ordem do traficante “Aninha” para matar o policial militar.
Um viciado em drogas conhecido como “Igor”, que participou do episódio dando cobertura para “Cueca” entrar na lanchonete e matar o policial, também foi preso na mesma noite.
O revólver calibre 38 e várias munições que o traficante usou no atentado também foram apreendidos e apresentados na Delegacia Interativa de Lábrea.
Os moradores do município de Lábrea estão presenciando muitas prisões de traficantes de drogas pertencentes às facções criminosas Família do Norte e Comando Vermelho.
Na opinião do cabo PM que escapou da morte, o atentado contra sua vida teria sido uma retaliação dos criminosos ao bom trabalho que a Polícia Militar e a Polícia Civil vêm realizando no município.
“Cueca” foi autuado em flagrante delito pelo crime de tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo, ficando agora à disposição da Justiça do Estado.

Fonte: Portal Zacarias.

Veja também

Cinco são presos com cerca de meia tonelada de maconha; traficante comandava ação do presídio