Início » Notícias » Cidadania » Follador pede providências do prefeito da Capital para escolas da Ponta do Abunã, que estão fechadas
Deputado estadual Adelino Follador (DEM-RO).

Follador pede providências do prefeito da Capital para escolas da Ponta do Abunã, que estão fechadas

Sem transporte escolar, alunos estão prejudicados e comunidade fechou a BR-364, em protesto

Sem transporte escolar, alunos estão prejudicados e comunidade fechou a BR-364, em protesto
Em pronunciamento durante os trabalhos da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (9), o deputado Adelino Follador (DEM) chamou atenção das autoridades estaduais da educação e do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), para o desespero dos alunos, dos pais e professores dos distritos de Extrema, Nova Califórnia, Vista Alegre do Abunã e região da Ponta do Abunã, onde as escolas estão todas fechadas.
O parlamentar disse que recebeu do pastor Izaias Mendes, da Assembleia de Deus, um vídeo estarrecedor que descreve a situação na região. Segundo ele, a comunidade decidiu trancar os portões das escolas municipais e estaduais Maria Jacirae Bandeirantes, em Nova Califórnia, e todas as outras em Vista Alegre do Abunã e Extrema, em protesto contra a falta do transporte escolar e as péssimas condições de tráfego das estradas vicinais da região que atendem a esse sistema de transporte, muitas das quais já completamente interditadas, por falta de manutenção.
Segundo o que foi apurado, a comunidade decidiu fechar os portões das escolas desde dia 1º de abril, e só retomará as atividades, com aulas regulares, após a chegada dos ônibus para transportar os estudantes, e também após a realização de um bom trabalho de recuperação e manutenção das estradas, já que sem elas não há como chegar às escolas.
BR-364 fechada
O pastor Izaias disse ainda que autoridades da educação municipal, mesmo sem levar a solução dos problemas, tentaram participar esta semana de uma reunião em Nova Califórnia, mas retornaram de Extrema devido a um protesto da comunidade local, que fechou a BR-364, para chamar atenção para a gravidade dos problemas em toda a região da Ponta do Abunã.
Adelino Follador pediu ao prefeito medidas urgentes tanto em relação ao transporte escolar, quanto à situação das estradas da região de Ponta do Abunã que, no geral, estão em estado de miséria. “Um desrespeito à comunidade”, disse o deputado destacando que a gerência da educação municipal e sua operacionalização são de responsabilidade do gestor municipal, assim como a manutenção das condições das estradas vicinais.
“O gestor não pode fugir de suas responsabilidades, especial com a educação, sob pena de ser responsabilizado legalmente”, disse.
O deputado fez coro com o pastor Izaias Mendes, cobrando também a responsabilidade da Secretaria Estadual da Educação (Seduc) que, mergulhada numa inércia sem precedentes, emperra todo o sistema, tanto nos atos, na gerência dos programas, quanto na operacionalização das unidades de ensino, que sofrem com o desatino de alguns auxiliares da gestão.

Foto: José Hilde

Veja também

Jair Montes critica ações abusivas da Energisa contra consumidores

Deputado também cobrou melhorias nas estradas de Rondônia O deputado estadual Jair Montes (PTC) usou …