Início » Notícias » Cidadania » Chuva alaga tesourinhas, derruba árvores e complica trânsito em Brasília

Chuva alaga tesourinhas, derruba árvores e complica trânsito em Brasília

Com temporais, público sofre para conseguir chegar à festa de aniversário da capital, na Esplanada dos Ministérios

O sol e o céu aberto registrado na manhã deste domingo (21/4) deram lugar à chuva forte e à ventania na região central de Brasília. Com o temporal, tesourinhas ficaram alagadas, árvores vieram ao chão e o trânsito, para chegar aos shows de comemoração de aniversário de Brasília, ficou complicado. Diversos veículos enfrentavam filas para chegar às proximidades da Esplanada dos Ministérios. Já choveu 119,55% acima do esperado para todo o mês de abril.


Tesourinha na altura da 309 Norte(foto: Hamilton Ferrari/CB/DA Press )

Na Esplanada dos Ministérios, as fortes precipitações iniciaram por volta das 16h30, refletindo rapidamente no trânsito no Eixo Monumental, que dá acesso ao local. A festa do aniversário de Brasília ocorre desde a manhã deste domingo (21), com atrações infantis. Para a tarde e noite, vários shows estavam marcados.


(foto: Wallace Martins/CB/D.A. Press)

A estrela da comemoração é a cantora Anitta. A previsão inicial era de que ela subisse ao palco por volta das 21h, mas, por conta da interrupção temporária do show da banda Surf Sessions, a apresentação deve acontecer às 21h30. A produção do evento garante que a chuva não ocasionou estragos nos palcos ou equipamentos. A subsecretaria da Defesa Civil também confirmou que a equipe de plantão se concentrou em analisar as estruturas.


Tesourinha na altura da 309 Norte(foto: Hamilton Ferrari/CB/DA Press )

Devido às precipitações, a Estação Central do Metrô DF teve de ser fechada. O local ficou alagado e impediu a entrada de passageiros. Por isso, a Estação Galeria funciona como terminal. A forte chuva também atingiu outros setores de Brasília, como a Asa Norte, o Lago Sul e o Setor de Indústrias Gráficas.


Com a ventania, ao menos três árvores caíram na Asa Norte. Duas delas entre os blocos N e O da 411 Norte e uma às margens da L2 Norte, em frente ao bloco Q. A síndica do prédio onde duas árvores cederam contou que em janeiro pediu a poda delas, mas não foi “Não me lembro de uma chuva assim aqui na Asa Norte há muito tempo”, afirma a contadora Karen Castro, 43, ficou espantada com o volume de água.
Na QI 7 do Lago Sul, há registros de que a água invadiu as casas. Com pistas alagadas, os motoristas que passavam pela tesourinha da 102/302 sul não conseguiram seguir caminho. Para conseguir desviar, motoristas subiam nos canteiros ou dirigiam pela contramão.
A tempestade provocou atraso, também, em pelo menos cinco voos no Aeroporto Internacional de Brasília. Quatro deles vindos do Rio de Janeiro e um outro, da TAP, que vai para Portugal. Pousos e decolagens ficaram suspensos por aproximadamente 20 minutos, segundo a Inframérica, concessionária responsável pela administração dos aeroportos do país. Nenhum voo foi cancelado até a última atualização desta reportagem.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, há várias ocorrências relacionadas às chuvas em toda a cidade. A corporação foi chamada para atuar em ocorrências de alagamento, queda de árvores e em outras complicações.
Aumento de chuva em abril
De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a média histórica de abril é de 133,4 milímetros. Em uma semana, o acumulado do mês dobrou e chegou a 292 mm, ou seja, 119,55% a mais do que o estimado para todo o período. No sábado passado (13), o aumento estava em 31%, conforme noticiado pelo Correio.


Segundo o meteorologista Hamilton Carvalho, a região que mais choveu até o início da noite deste domingo, foi o Sudoeste. “Até quarta-feira a previsão é que as precipitações continuem em todo o Distrito Federal”, afirma o especialista.
A umidade relativa do ar nesta segunda-feira (22) fica entre 95% e 40%. A mínima do dia deve ficar em 17ºC e, a máxima, pode chegar até 30ºC.

Fonte:CBraziliense

Veja também

Minas Icesp encara o vice-lanterna em busca de sair da zona de rebaixamento

A equipe do DF precisa pontuar contra o São Francisco para se manter na Série …