Início » Notícias » Cidadania » Audiência pública debate nesta quinta-feira políticas de combate à violência contra e mulher
Audiência pública debate nesta quinta-feira políticas de combate à violência contra e mulher

Audiência pública debate nesta quinta-feira políticas de combate à violência contra e mulher

Delegada do Piauí apresenta aplicativo “Salve Maria” que viabiliza o envio de denúncias de forma anônima

Audiência pública debate nesta quinta-feira políticas de combate à violência contra e mulher.

Em virtude da audiência pública que acontecerá amanhã (09), às 14 horas, na Assembleia Legislativa, com o tema Feminicídio – Assassinatos de Mulheres em Rondônia: do silêncio ao enfrentamento à violência contra as mulheres, proposta pelos deputados Lazinho da Fetagro (PT) e Alex Silva (PRB), está em Porto Velho a Subsecretária de Segurança Pública do Estado do Piauí, a Delegada Eugênia Villa, para uma série de reuniões e participação na audiência.
A delegada Eugênia Villa traz para as reuniões e a audiência o compromisso de apresentar o trabalho desenvolvido, com êxito em seu estado, no enfrentamento à violência contra a mulher e feminicídio. No período da manhã, na sala de reuniões da Presidência da Assembleia Legislativa, aconteceu uma reunião com os deputados estaduais, Procuradoria de Justiça do Estado, OAB, Governo do Estado – através da Secretaria de Assistência Social, da Secretaria de Segurança Pública e Secretaria de Planejamento, Defensoria Pública e Tribunal de Justiça.
Na oportunidade, a delegada apresentou o aplicativo “Salve Maria”, um serviço tecnológico do Governo do Piauí que viabiliza o envio de denúncias da população de forma anônima. “É um dispositivo que tanto a vítima como qualquer cidadão que tiver conhecimento de algum caso de agressão à mulher deve usar. Esta ferramenta pode até mesmo evitar feminicídios, crime letal geralmente praticado por parceiros e ex-parceiros das vítimas”, explicou Eugênia.
Diante dos satisfatórios resultados do aplicativo, nos estados do Piauí e do Maranhão, foi proposto e firmado, durante a reunião, Termo de Cooperação Técnica concedendo direito de uso ao Estado de Rondônia do software – programa do aplicativo.
O deputado Lazinho da Fetagro registrou que essa foi mais uma iniciativa de combate à violência contra a mulher, assim como o projeto de lei de sua autoria, aprovado pelos deputados estaduais, e que dispõe sobre o uso do Botão do Pânico. “Nosso projeto foi inspirado nesse aplicativo, e agora aguarda sanção do Governador. São soluções tecnológicas focadas na segurança publica”, disse.
O parlamentar agradeceu toda a disponibilidade da delegada Eugênia em ter vindo à Rondônia compartilhar as experiências, ações e resultados no combate a violência contra a mulher, e ressaltou o empenho dos deputados estaduais sobre esse tema, destacando a necessidade de união entre os poderes para fomentar políticas públicas efetivas para combater este mal que assola todo o país, com um triste destaque para Rondônia que detém o 5º lugar em violência contra a mulher no País.

Fonte/Fotos: Assessoria

Veja também

Minas Icesp encara o vice-lanterna em busca de sair da zona de rebaixamento

A equipe do DF precisa pontuar contra o São Francisco para se manter na Série …