Início » Notícias » Bandido mata adolescente asfixiada após tentativa de estupro POLÍCIA
O corpo foi encontrado embaixo de uma mangueira com o cinto envolvido no pescoço (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV).

Bandido mata adolescente asfixiada após tentativa de estupro POLÍCIA

NO SÃO FRANCISCO

Mais um crime brutal assustou a população de Boa Vista. Por volta das 8h do sábado, dia 8, o corpo da jovem Carolina dos Santos Oliveira, de 18 anos, foi encontrado por um popular dentro de um terreno baldio que fica na esquina das ruas Alferes Paulo Saldanha com Tiradentes, no bairro São Francisco. Pelas cenas do crime, a Polícia acreditava na possibilidade de a vítima ter sido atacada para ser violentada sexualmente, o que foi descartado após exames.
De acordo com a Polícia Militar, assim que chegou ao endereço, constatou a veracidade dos fatos, isolou a área e acionou a Perícia Criminal e a Delegacia Geral de Homicídios (DGH). Como a identidade da vítima ainda não tinha sido revelada e suas características físicas eram de uma adolescente de aproximadamente 14 anos, as equipes ficaram espantadas.
No entanto, a mãe da jovem compareceu ao local do crime e reconheceu o corpo da filha no mesmo instante. A mulher contou que a jovem tinha saído de casa para ir à escola e informou que iria dormir na casa da avó, por isso a mãe não se preocupou. Mas na manhã do sábado a mãe disse que tomou conhecimento de que Carolina também não estava na casa da avó. Ao obter informações de que um corpo havia sido encontrado, a mulher observou as características e decidiu ir ao terreno baldio.
A partir daí a identidade da vítima estava revelada. Ao lado do corpo havia folhas, cadernos, livros, mochila, calcinhas, outras roupas. Um fato curioso é que a vítima estava vestida com duas calças e as partes da frente das calças (zíper) estavam abertas e baixadas. Um cinto de pano estava envolvido no pescoço de Carolina, que ainda vestia a farda da Escola Estadual Monteiro Lobato, onde estudava. Além disso, não havia outros sinais aparentes de violência. Outra suspeita levantada pela investigação é de que o crime seja passional, ou seja, pode ter sido motivado por ciúmes ou discussões entre vítima e algum indivíduo com quem se relacionava ou se relacionou.

Carolina dos Santos Oliveira foi morta com a farda da Escola .

Um policial ainda revelou à reportagem da Folha que Carolina também pode ter sido atacada por algum criminoso, levada para o terreno baldio e diante de uma tentativa de estupro frustrada, acabou sendo morta. “Nenhuma hipótese pode ser descartada no começo de uma investigação. À medida que o caso vai sendo desvendado, a gente começa a descartar essas hipóteses, mas por enquanto, todas são válidas”, explicou o investigador.
Os vizinhos do terreno baldio também foram procurados pela Polícia, mas informaram que durante a noite da sexta-feira, dia 7, e madrugada do sábado, não ouviram qualquer barulho estranho e nem viram movimentação suspeita no local. Ao fim dos procedimentos de perícia, o corpo foi removido para a sede do Instituto de Medicina Legal (IML), onde foi submetido a exame cadavérico. O laudo do médico-legista, cuja cópia foi entregue à família da vítima, destaca que a morte foi causada por asfixia.
Após a necropsia, o corpo foi liberado para a família realizar o funeral e sepultamento. Até o fim da tarde de ontem, dia 9, nenhum suspeito do crime tinha sido preso. Nas redes sociais, amigos e familiares de Carolina lamentaram a morte cruel da jovem que faria 19 anos em outubro. “Ela tinha muitos sonhos, queria se formar, ajudar a família. Era uma menina cheia de vida, muito linda, tinha um brilho muito grande. Estamos sem chão”, contou uma das amigas. (J.B)

Fonte:Por João Barro

Veja também

Presidente Laerte Gomes apoia realização da 13ª Expomarques com emenda de R$ 80 mil

Parlamentar destaca importância de incentivar exposições agropecuárias para fomentar o desenvolvimento do campo O presidente …