Início » Notícias » Membros do Comando Vermelho são presos no Maranhão
Reprodução (Suspeito de integra a facção CV.

Membros do Comando Vermelho são presos no Maranhão

Daniel Ferreira de Oliveira e Artur Felipe Bernardes Cruz são suspeitos de ter praticado 12 homicídios em Goiás e Tocantins

Dois membros da facção Comando Vermelho Daniel Ferreira de Oliveira, 26 anos, e Artur Felipe Bernardes Cruz, 22 anos, foram presos na última quinta-feira (13), no Povoado Patis, zona rural do município de Sítio Novo, distante 90 km de Imperatriz. A prisão foi realizada por uma guarnição de serviço do 34° BPM, com sede na cidade de Amarante do Maranhão sob o comando do Sargento Rafael.
Os dois homens foram abordados pelos policiais quando se encontravam em um veículo Hyundai, modelo Creta, cor branco, e tinha também uma motocicleta Honda, modelo Bros, que foram apreendidos. Os militares apreenderam também com a dupla um revólver calibre 38, municiado com quatro estojos. Daniel Oliveira e Artur Felipe Cruz tinham chegado na cidade de Sítio Novo, na manhã de quinta-feira.
Os dois têm uma vasta ficha criminal e são acusados de pelo menos 12 crimes de homicídios nos estados de Goiás e Tocantins, conforme levantamentos feitos pela Polícia Militar.
Artur Felipe Cruz foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, bem como por posse e uso de documento falso. No caso da autuação por posse e uso de documento falso é porque o veículo Hyundai, modelo Creta, não tem documento. Ele apresentou apenas uma procuração do suposto proprietário do veículo, datada de 2019, entretanto essa pessoa faleceu em 2014.
Daniel Oliveira tem mandado de prisão em aberto em Goiânia e responde por vários outros processos, por roubos, homicídios, e é acusado de ter assassinado um casal em Araguatins (TO). Arthur Bernardes já foi preso no ano de 2017, quando confessou que tinha matado mais de 10 pessoas. Os dois homens foram levados para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz, onde se encontram à disposição da justiça.

Fonte: Da Redação com O Progresso

Veja também

Governo investiga navios que podem ser origem do óleo que polui praias

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse hoje (11), no Rio de Janeiro, …