Início » Notícias » Política » Estadual » Jair Montes critica ações abusivas da Energisa contra consumidores
Jair Montes critica ações abusivas da Energisa contra consumidores.

Jair Montes critica ações abusivas da Energisa contra consumidores

Deputado também cobrou melhorias nas estradas de Rondônia

O deputado estadual Jair Montes (PTC) usou a tribuna na sessão extraordinária da tarde desta segunda-feira (24), para criticar as ações abusivas da empresa Energisa, contra os consumidores de Rondônia.
“Já me manifestei aqui nesta Casa, quando a empresa Energisa utilizou agentes da Polícia Civil em ações de combate aos gatos. O que o cidadão não pode ser é achacado. Tem uma lei estadual que assegura que os cortes não sejam feitos em vésperas de feriado e de finais de semana, mas a empresa não respeita. Não podemos nos calar, não podemos deixar que essa ação vergonhosa permaneça”, destacou.
Montes também falou sobre a necessidade de ser finalizada a série de sabatinas com presidentes de fundações e autarquias, indicadas pelo Governo. “Estamos chegando próximo ao recesso parlamentar e temos ainda que fazer a sabatina da Funcer e da Fease, finalizando esse trabalho”.

Em resposta, o presidente da Casa, Laerte Gomes (PSDB), anunciou que as últimas sabatinas serão realizadas nesta terça-feira (25), sendo pela manhã, na Comissão de Educação e Cultura, o indicado à Funcer, e às 14 horas, na Comissão de Defesa da Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (CDCAMI), a Fease.
Estradas
Jair Montes aproveitou para cobrar mais atenção, por parte do Governo, para a questão das estradas de Rondônia, que na visão dele estão em situação precária, em sua maioria.
“O Estado precisa agir, aproveitar esse momento de verão, para fazer as obras de recuperação de asfalto, recuperar as estradas de terra e fazer obras em pontes e galerias, que necessitam de reparos”, completou.
O deputado aproveitou para fazer uma cobrança ao secretariado governamental. “Tem alguns secretários que não estão dando conta do recado e vou dar nomes, mais adiante, dos que não estão na mesma sintonia do governador Marcos Rocha (PSL), que precisa dar uma resposta, cobrando resultados de seus subordinados. Estamos vivendo num momento de harmonia com o Governo, mas não podemos deixar de manifestar a nossa posição”, finalizou.
Fonte:Assessoria

Veja também

Minas Icesp encara o vice-lanterna em busca de sair da zona de rebaixamento

A equipe do DF precisa pontuar contra o São Francisco para se manter na Série …