Início » Notícias » Esporte » Em vantagem, Palmeiras visita Internacional por classificação na Copa do Brasil
Palmeiras aposta na solidez defensiva para garantir classificação (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)..

Em vantagem, Palmeiras visita Internacional por classificação na Copa do Brasil

Time paulista venceu jogo de ida por 1 a 0

A estabilidade defensiva é a principal arma do Palmeiras para entrar em campo nesta quarta-feira, às 21h30, em Porto Alegre, diante do Internacional, em busca de mais uma semifinal da Copa do Brasil. Após ter vencido a partida de ida por 1 a 0, a equipe confia nos números de Weverton, um dos goleiros menos vazados da história do clube, para avançar na competição.
O camisa 21 aparece em lugar de honra na lista dos goleiros de maior destaque do Palmeiras. Segundo levantamento feito pelo clube, Weverton tem a menor média de gols sofridos da história entre todos os jogadores que defenderam a meta alviverde por no mínimo quatro partidas. São 62 jogos e 26 gols sofridos, uma média de 0,41.
Contratado no início do ano passado, o ex-jogador do Athletico-PR confia na manutenção dos bons números que tem no clube para colocar a equipe pela nona vez como semifinalista da Copa do Brasil. Após não sofrer gols em 18 dos 24 jogos que disputou na temporada, o goleiro precisa novamente manter a meta intacta para ajudar o time a confirmar sua classificação.
Weverton construiu no Palmeiras duas sequências grandes de partidas sem amargar gols. A maior delas foi no ano passado, ao ficar dez jogos seguidos sem ser vazado, a segunda maior sequência da história do Palmeiras, atrás apenas da marca de Zetti, obtida em 1987. Neste ano, ele esteve perto de igualar o próprio retrospecto, pois permaneceu nove duelos consecutivos invicto.
A equipe de Felipão vai contar com o que tem de melhor para o jogo no Beira-Rio. Depois de não atuarem no clássico com o São Paulo, sábado, pelo Brasileirão, os zagueiros Luan e Gustavo Gómez, os volantes Felipe Melo e Bruno Henrique e o meia Lucas Lima devem voltar.
O retorno de peças importantes como zagueiros e marcadores ajuda o Palmeiras a ter mais estabilidade defensiva, atributo para segurar a vantagem e ajudar Weverton a manter a boa fase no gol. Mas, como no torneio não há mais o gol marcado fora de casa como critério de desempate, o Palmeiras promete não ficar apenas na defesa.
“Jogar contra o Inter é sempre bem difícil. O time é compacto e possui um sistema de jogo bem definido. Conseguimos vencer a primeira partida, em São Paulo, mas não há vantagem para nenhuma das equipes”, disse o atacante Dudu.
O Palmeiras viajou ao Sul com elenco quase completo, inclusive com a presença do meia Ramires, recém-contratado. O time terá uma sequência de partidas fora de casa.
Após o compromisso no Sul, enfrentará na sequência o Ceará, pelo Brasileiro, e o Godoy Cruz, da Argentina, pela Copa Libertadores, na cidade de Mendoza. O elenco não retorna para São Paulo antes da quarta da próxima semana. A aposta é no rodízio de atletas para dar conta das partidas.
DESAFIO – O Inter priorizou o duelo com o Palmeiras. O técnico Odair Hellmann escalou reservas no último domingo, pelo Nacional, na derrota para o Athletico-PR em Curitiba. A novidade da equipe deve ser o meia argentino D’Alessandro. Patrick também deve ser titular, segundo indicou o treinador na atividade aberta realizada nesta terça.
A derrota por 1 a 0 no jogo de ida não desanima o elenco. Para o lateral-esquerdo Uendel, o time gaúcho terá que ter paciência em campo e esta quarta. “Precisamos manter a organização intacta até o final. A ansiedade nunca é boa. Vamos manter a tranquilidade para achar o melhor caminho para fazer os gols”, prega.

Fonte: Estadão Conteúdo

Veja também

São Paulo treina com Daniel Alves no meio-campo e Juanfran na lateral direita

Cuca escalou badalados reforços entre os titulares nesta terça-feira Os indícios de que Daniel Alves …