Início » Notícias » Drogas apreendidas em avião, no aeroclube, são avaliadas em R$ 4 milhões
O Denarc já estava monitorando, há cerca de dois meses, o grupo responsável pelas drogas (Foto: Divulgação/Stephane Simões)

Drogas apreendidas em avião, no aeroclube, são avaliadas em R$ 4 milhões

Manaus – Cerca de 700 quilos de drogas, entre maconha do tipo skunk e cocaína, foram apreendidas na tarde desta sexta-feira (15), no Aeroclube de Manaus, na Avenida Professor Nilton Lins, conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, zona centro-sul da capital. As drogas estão avaliadas em R$ 4 milhões.
De acordo com o diretor do Departamento de Investigações em Narcóticos (Denarc), delegado Paulo Mavignier, o material veio de Fonte Boa, (a 678 quilômetros a oeste de Manaus), no Alto Solimões. As drogas foram encontradas pelo cão farejador da Receita Federal (RF), Odin.
“A aeronave veio transportando essa droga na capacidade máxima de limite de carga. Então, surpreendeu a gente, pois tinha droga até no compartimento próximo ao bico da aeronave. Nós já vínhamos acompanhando, há um certo tempo, as suspeitas de transporte de drogas no Aeroclube de Manaus. Ontem, culminou nessa apreensão, uma carga avaliada em mais de R$ 4 milhões”, disse.
O Denarc já estava monitorando, há cerca de dois meses, o grupo responsável pelas drogas. O nome da empresa, do piloto e dos suspeitos responsáveis pelos entorpecentes serão mantidos em sigilo, para não atrapalhar as investigações.
“Nós precisamos identificar todas as pessoas envolvidas, quem estava facilitando, quem dava apoio logístico aqui em Manaus e lá fora. Possivelmente, as drogas já teriam destinatário certo. O avião chegou final da tarde, e acredito que, durante a madrugada, eles fossem remover essas drogas. Eu acredito que parte dessa droga continuaria em Manaus”, afirmou Mavignier.
Segundo a Polícia Civil (PC), até este mês de novembro, mais de 6,5 mil toneladas de drogas já foram apreendidas, sendo a maior quantidade já registrada, desde 2017, quando cerca de 6 mil toneladas foram apreendidas.

Fonte:Stephane Simões / redacao@diarioam.com.br

Veja também

Advogado pede suspensão de Acordos de Cooperação da Energisa com IPEM, Polícia Civil e Procon

O pedido faz menção ao artigo 29 da Constituição Estadual e punição ao Governo em …