Início » Notícias » Cidadania » Governador sanciona projeto do presidente Laerte Gomes que proíbe corte de energia sem notificação
Governador sanciona projeto do presidente Laerte Gomes que proíbe corte de energia sem notificação.

Governador sanciona projeto do presidente Laerte Gomes que proíbe corte de energia sem notificação

Energisa é obrigada, sob pena de multa, a encaminhar notificação com 15 dias de antecedência ao consumidor

O governador Marcos Rocha (PSL) sancionou a Lei 4.660/2019 proibindo o corte de energia sem a notificação com 15 dias de antecedência pela concessionária de energia em Rondônia. O ato foi publicado na edição desta terça-feira, 26, no Diário Oficial do Estado. A matéria é de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes (PSDB), e assegurou várias garantias ao consumidor. A medida está de acordo com a Resolução nº 414/2010 da ANEEL.
O texto legal ainda proíbe a punição ao consumidor, caso este não pague a conta gerada, mas tenha quitado as próximas faturas se não houve haja notificação do débito anterior em até 90 dias. Também está proibido, segundo a Lei de Laerte Gomes, o corte em estabelecimentos de saúde, instituições educacionais e de internação coletiva de pessoas e usuário residencial de baixa renda beneficiário de subsídio.
Outro ponto é a proibição de corte em domicílio onde resida pessoa idosa que cuide de outra pessoa idosa portadora de deficiência mental, física ou acamada. “Conforme a Resolução da ANEEL, verifica-se que o corte no fornecimento da energia ante o inadimplemento das faturas é lícito, contudo, o consumidor deve ser previamente notificado, vez que havendo a interrupção da energia elétrica sem aviso prévio, o corte é ilegítimo, respondendo a concessionária pelos danos causados ao consumidor”, explicou texto legal do parlamentar aprovado pela Assembleia.
Foto: José Hilde-Decom-ALE-RO

Veja também

Gran Prix de Taekwondo mobiliza atletas de Rondônia em Ji-Paraná

Atletas de várias cidades de Rondônia desembarcaram em Ji-Paraná em busca de medalhas e uma …