Início » Notícias » Esporte » No duelo de protagonistas em 2019, Flamengo mantém base e encara um Athletico de cara nova na Supercopa
Time do Flamengo na ida para Brasília para a Supercopa — Foto: Reprodução Instagram

No duelo de protagonistas em 2019, Flamengo mantém base e encara um Athletico de cara nova na Supercopa

Equipes foram os destaques do futebol brasileiro no último ano. Fla mantém a base, e Furacão, que fará apenas seu segundo jogo oficial, teve mudanças importantes

Os dois clubes brasileiros mais vitoriosos de 2019 estarão frente a frente neste domingo, às 11h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, para a disputa da Supercopa do Brasil. Flamengo, campeão do Brasileiro e da Libertadores, e Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil, vão reeditar um duelo que na última temporada foi apimentado e marcado pelo equilíbrio.

+ Flamengo descobre suspensão de Gustavo Henrique e recorre ao STJD para tê-lo

O principal confronto foi pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na Arena, empate em 1 a 1 na estreia de Jorge Jesus. No Maracanã, mais um 1 a 1, e o Furacão venceu nos pênaltis por 5 a 3. Após a classificação, ainda no gramado, os jogadores atleticanos provocaram ao imitar a tradicional comemoração feita por Gabigol, que havia marcado em Curitiba

De todos jogos que jogamos, junto ao Liverpool e ao River, o Athletico foi a equipe que mais dificuldade nos criou. Muito forte. Não foi só de eu ter duas semanas de trabalho (à época). Muita qualidade coletiva e individual – avaliou Jorge Jesus.
No Brasileiro, o Flamengo levou a melhor tanto em casa quanto fora. Ainda com Abel Braga no comando, o time suou para vencer por 3 a 2, no Maracanã, com um gol de Rodrigo Caio aos 51 minutos do segundo tempo. Na Baixada, já com Jesus e com o time em outro patamar, Bruno Henrique marcou duas vezes na vitória por 2 a 0, que teve também o goleiro Diego Alves como destaque.
Flamengo se reforça, e Athletico perde peças importantes
A equipe do Flamengo será bastante parecida com a que terminou a última temporada, com exceção de Pablo Marí, que foi para o Arsenal. Rodrigo Caio, recuperado de um corte no joelho, fará sua primeira partida no ano. A tendência é de que ele faça dupla com Thuler, já que Gustavo Henrique está suspenso.
Além do zagueiro, ex-Santos, o Flamengo contratou reforços de peso: Pedro, Michael, Thiago Maia, Pedro Rocha e Léo Pereira. Este último veio do próprio Athletico. Foi ele o autor do gol do Furacão na Arena contra o Fla no 1 a 1 da Copa do Brasil da última temporada. Domingo ele não estará em campo por causa de uma lesão na coxa.
O provável Flamengo é: Diego Alves, Rafinha, Thuler, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.
Mas qual será o Athletico que entra em campo neste domingo? Além do técnico Tiago Nunes, substituído por Dorival Júnior, a equipe perdeu peças importantes como Bruno Guimarães, Marco Ruben e Marcelo Cirino, além do próprio Léo Pereira.

+ Com Rony, Athletico viaja para decisão da Supercopa contra o Fla; veja os convocados

O atacante Rony, autor do gol no Maracanã que levou a disputa para os pênaltis, viajou com a delegação do Athletico para Brasília, e tem chance de fazer sua primeira partida no ano. Em negociações com o Corinthians e Palmeiras, ele chegou a ser afastado do time principal e ainda não assinou sua renovação.

Rony, um dos destaques em 2019, viajou com a delegação e tem a chance de estrear este ano — Foto: Fernando Freire

O experiente lateral-direito Jonathan, ex-Inter de Milão e Fluminense, está em recondicionamento físico e não vai jogar. De volta da seleção brasileira sub-23, o zagueiro Robson Bambu está à disposição. Contratado este ano, Marquinhos Gabriel é uma novidade.
Será apenas o segundo jogo oficial do Athletico nesta temporada. Na última semana, o time empatou com o Paraná. Antes, fez amistosos na Argentina contra o Racing (empate 2 a 2) e Boca Juniors (derrota por 3 a 1), além de um contra o sub-23 do Grêmio (vitória por 2 a 0).
A base do Furacão deve ser: Santos; Khellven, Thiago Heleno, Lucas Halter e Márcio Azevedo; Wellington, Erick, Cittadini e Marquinhos Gabriel; Nikão e Rony.

Fonte:Felipe Schmidt e Fred Huber — Brasília

Veja também

Deputado Anderson busca regularização da escola Maria Isaura

E ressalta que escola não possui salas climatizadas Visando melhorias para a Escola Municipal de …